<< voltar

Número: 198
Data: 11/08/2021
Título: MADEIXAS CASTANHO-CLARAS - FLEXÃO DOS ADJETIVOS COMPOSTOS

--- Qual é o correto: viabilidade técnico-econômica ou técnica-econômica? D. B., Rio de Janeiro/RJ

--- Como se usa: fluorescência vermelho-alaranjada ou vermelha-alaranjada? C. N., Uberlândia/MG

--- Qual o plural de “aspecto fático-probatório”e a razão? N. N. R., Brasília/DF
 
 
Eis a flexão correta dos termos referidos:
 
viabilidade técnico-econômica

fluorescência vermelho-alaranjada

aspectos fático-probatórios
 
Há que se observar, na hora de passar um composto para o feminino ou plural, se ele é formado por dois adjetivos. Neste caso, o primeiro adjetivo mantém a forma neutra, ou seja, permanece no masculino singular, e o segundo faz a flexão necessária, como nestes exemplos:
 
Formaram uma comunidade anárquico-ecológica.
 
Suas afirmações pequeno-burguesas foram mal recebidas.
 
Fez a doação de dois gabinetes médico-odontológicos.
 
Transformações sócio-históricas foram consideradas.
 
Não viu relevância fático-probatória nas suas declarações.
 
Trataram na audiência de questões administrativo-financeiras.
 
Os registros técnico-contábeis estão concluídos.
 
Quando a palavra composta é formada por três adjetivos, só o último flexiona:
 
Memórias luso-afro-brasileiras estão sendo resgatadas.
 
O livro refaz as trajetórias sócio-histórico-culturais de várias comunidades.
 
 
CORES
 
 
As palavras compostas que indicam cores merecem comentário distinto porque apresentam duas formas de plural. 
 
Quando formadas por dois adjetivos, segue-se a regra vista anteriormente. São adjetivos variáveis: amarelo, azul, branco, castanho, marrom, preto, roxo, verde, vermelho, além dos terminados em -ado: amarelado, azulado etc. Lembro que neste caso o primeiro adjetivo fica neutro, só o segundo flexiona:
 
águas verde-azuladas

cabelos castanho-escuros

madeixas castanho-claras

olhos azul-claros

tons vermelho-alaranjados
 
Já quando falamos nas cores laranja, violeta, vinho, gelo, acaju, ferrugem, cinza, rosa, por exemplo, estamos empregando um substantivo, isto é, o nome de algo para indicar uma tonalidade. Quando assim usados – em compostos ou isoladamente – tais substantivos se tornam um adjetivo invariável, isto é, não vão para o plural nem para o feminino:
 
blusas rosa-choque

uniformes verde-oliva

tiaras amarelo-ouro e bege

almofadas cinza

tons pastel
 
Mais sobre as cores: ver Só Palavras Compostas – Manual de consulta e autoaprendizagem (2010).

download PDF

<< voltar

Instituto Euclides da Cunha
Luiz Fernando de Queiroz, diretor
Rua Marechal Deodoro, 235 cj. 1204 - CEP 80020-907 - Curitiba - PR
Fone (41) 3223.6543 - linguabrasil@linguabrasil.com.br